BLOG

manjerona – Como cultivar?

A manjerona (Origanum majorana L.) é do mesmo género do orégão e ambos pertencem à família das Lamiáceas. Para além de manjerona, também é conhecida como majorana ou manjorana.

Como cultivar

Prefere solos férteis, com pH entre 5 e 6, bem drenados e boa exposição solar, pois é sensível ao frio. Multiplica-se por semente, estaca caulinar ou divisão de pés. Em abril-maio, pode efetuar-se a sementeira em viveiro e as jovens plantas transplantadas para o local definitivo, com um compasso de 30 a 50 cm entre linhas e 20 cm entre as plantas na linha. Beneficia com regas regulares, mas moderadas. A colheita de folhas pode iniciar-se cerca de 15 a 30 dias após plantação e até ao início da floração. Após a floração a planta deve ser podada para renovação.

Utilização culinária

O sabor das folhas de manjerona é ligeiramente acre e muito aromático. A manjerona deve ser adicionada aos cozinhados na fase final da cozedura, para manter o máximo aroma.
As folhas e as extremidades floridas usam-se secas para aromatizar carnes, sopas, saladas e produtos fumados. Faz parte da mistura ‘Ervas de Provença’.

Maria Elvira Ferreira
Investigadora do Instituto Nacional de Investigação Agrária, I.P. (INIAV, I.P.)

Contacto

  • Quinta da Senhora de Mércules 6000-909 Castelo Branco
  • cnpam2020@gmail.com