BLOG

HORTELÃ – Como cultivar?

A espécie Mentha spicata L. (M. x intrusa P. Cout.) da família das Lamiáceas é vulgarmente conhecida como hortelã, hortelã-comum, hortelã-das-cozinhas ou hortelã-dos-temperos.

Como cultivar

A hortelã desenvolve-se bem em qualquer tipo de solo, mas prefere os ligeiros, ricos em matéria orgânica, húmidos, mas bem drenados e expostos ao sol, no entanto resiste bem ao frio. Multiplica-se por estaca caulinar ou divisão de pés. No outono ou no início da primavera deve fazer-se a plantação em linhas distanciadas entre si de 30 a 60 cm e 25 a 30 cm entre as plantas na linha. Deve ser regada, sempre que necessário, para manter o solo húmido. A colheita de folhas deve fazer-se antes da floração. As plantas devem ser desbastadas para promover novas rebentações, sempre que se justifique.

Utilização culinária

As folhas de hortelã têm um sabor forte e picante. São indispensáveis na gastronomia árabe. As folhas são utilizadas em saladas, sopas, molhos, peixe, frutos do mar, carne de carneiro, borrego e porco e em legumes cozidos. Também aromatizam saladas de fruta, gelados, sumos, cocktails e doces.
Quando secas, as folhas servem para fazer infusões refrescantes e quando congeladas em cubos de gelo usam-se para aromatizar bebidas.

Maria Elvira Ferreira
Investigadora do Instituto Nacional de Investigação Agrária, I.P. (INIAV, I.P.)

Contacto

  • Quinta da Senhora de Mércules 6000-909 Castelo Branco
  • cnpam2020@gmail.com