Cluster empresarial CIMA agrupa especialistas em agroalimentar para cultivar mudanças sustentáveis

Cluster empresarial CIMA agrupa especialistas em agroalimentar para cultivar mudanças sustentáveis

[Múrcia, Espanha] – CIMA- Ciência, Inovação, Meio Ambiente e Agricultura é o nome do novo cluster empresarial constituído por grandes empresas agrícolas ibéricas unidas por um objetivo comum: aumentar a produtividade das culturas agrícolas e promover a inovação e a sustentabilidade. No seu conjunto, representam mais de 20.000 hectares de culturas de valor acrescentado, desde olival, amendoal, pistácios, vinha e citrinos, entre outras.

Este cluster empresarial pioneiro reúne as empresas Aggraria, Alboris La Mancha, Bodegas Matarromera, Castillo de Canena, Cortijo de la Reina, Elaia, Eurosemillas, Pago de La Jaraba, Trifolium, Alltech Crop Science e Ideagro para a criação de um projeto de cooperação técnico-científica em eficiência e sustentabilidade. Desde a fase de preparação do CIMA, no final de 2023, estas empresas já realizaram mais de 3.000 análises.

O lançamento desta rede de especialistas faz parte do objetivo da Alltech Crop Science, como líder em saúde do solo, impulsionada pela ciência, inovação, proteção ambiental e transferência de conhecimento para o setor agrícola, consolidando a missão da Alltech de unir a comunidade agroalimentar para trabalhar em conjunto por um Planeta de Abundância™.

Na primeira reunião do CIMA, realizada no dia 7 de maio nas instalações de Pago de La Jaraba, em Albacete, Espanha, foi organizado um dia informativo com o objetivo de dar a conhecer os principais pontos do projeto a todos os membros do cluster e apresentar as linhas de ação para o futuro.

A jornada, inaugurada por Francisco Gálvez, project specialist manager da Alltech Crop Science Europa e Francisco Fernández, diretor técnico da Pago de La Jaraba e anfitrião do evento, contou com a presença de mais de 40 responsáveis das empresas que integram o cluster.

O setor agrícola está em rápida e significativa transformação, impulsionada por uma série de mudanças em todo o mundo.

Francisco Gálvez destacou a infraestrutura do conhecimento, dados e competências adquiridos pela Alltech Crop Science e pela Ideagro nos últimos 12 anos de trabalho em parceria, com vista à melhoria contínua e a prestar um serviço de assessoria e gestão para que sejam motores de mudança no sentido da competitividade, cooperação, modernização e inovação do setor.

“O aumento da população mundial, a perda de biodiversidade, a disponibilidade limitada de recursos, as alterações climáticas, a segurança alimentar e a degradação dos ecossistemas são fatores que nos afetam hoje e exigem que atuemos para preservar o nosso recurso mais importante, o solo”, afirmou Francisco Gálvez.

Há cinco desafios a enfrentar para garantir a sustentabilidade futura da agricultura:

– Parar a degradação e proteger a biodiversidade do solo, a fim de assegurar a sustentabilidade das culturas a longo prazo.

– Melhorar a gestão dos recursos naturais.

– Minimizar o impacto das alterações climáticas.

– Maximizar o potencial das culturas, melhorando a sua saúde e aumentando o seu rendimento.

– Reforçar as estratégias de gestão das terras agrícolas para integrar a conservação das espécies e dos espaços naturais.

“Se formos capazes de conhecer todos os componentes benéficos que coexistem com a planta, podemos alcançar um equilíbrio no microbioma, favorecendo a geração de solos supressivos”, afirmou Agustín Murillo, Diretor-Geral da Alltech Crop Science Iberia.

Num mundo cada vez mais exigente, trabalhamos para criar um impacto positivo no meio ambiente, promover a eficiência dos recursos e apoiar o sistema mundial de produção alimentar, este é o compromisso do CIMA com a sustentabilidade, capitalizando a oportunidade de reunir estas empresas líderes em agricultura para interligar ideias innovadoras com ações concretas no campo.