Syngenta apresenta novas soluções biológicas e ferramentas digitais para a agricultura

Syngenta apresenta novas soluções biológicas e ferramentas digitais para a agricultura

A Syngenta reuniu com os seus parceiros da distribuição nos dias 21 e 22 de março, em Coimbra, e apresentou um portfólio reforçado de soluções para a agricultura, incluindo os novos bioestimulantes Persicop® e Cepacet® e os serviços da sua plataforma de agricultura digital Cropwise.

“Temos uma equipa muito estável, uma rede de distribuidores consolidada e queremos nesta campanha de 2024, com as soluções novas que apresentamos e as já consagradas, demonstrar toda a nossa força em campo, juntamente com a nossa distribuição, para crescer no mercado agrícola nacional que continua forte e pujante”, afirma Paulo Machado, diretor comercial da Syngenta em Portugal.

A gama de soluções biológicas da Syngenta no mercado nacional está agora reforçada com os dois novos bioestimulantes Persicop® e Cepacet®, formulados à base de estirpes de bactérias e leveduras exclusivas da companhia.

Persicop® é um fixador natural de azoto atmosférico no solo indicado para aplicação em hortícolas, vinha e culturas fruteiras. É composto por um microrganismo endofítico  – a bactéria Azotobacter salinestris CECT 9690 – e um microrganismo benéfico – a levedura Wickerhamomyces anomalus CECT 13172, que aumenta a eficácia daquela bactéria. A simbiose entre ambas confere um nível superior de fixação biológica do azoto a nível radicular e foliar e melhora o crescimento, rendimento e qualidade das culturas, mesmo sob condições de stress abiótico.

Cepacet® é um consórcio microbiano com ação regenerativa e revitalizante da saúde do solo à base das bactérias Bacillus megaterium CECT 9689 e micorrizas.  Este produto tem capacidade fertilizante e bioestimulante dos processos metabólicos, o qual proporciona uma maior atividade na assimilação dos nutrientes. Aumenta a fixação biológica do azoto, a solubilização de fósforo e a mobilização do potássio retido e bloqueado no solo; melhora a biodisponibilidade de micronutrientes, como ferro; potencia a produção de fitohormonas; reduz o stress abiótico e promove os processos fisiológicos mais exigentes da cultura.

A Syngenta e o seu parceiro biotecnológico CERES demonstraram em sala, através de um laboratório vivo, a forma de atuação destas leveduras e bactérias benéficas no solo e nas plantas.

Antes disso, as investigadoras Ana Elisa Rato e Isabel Brito, professoras na Universidade de Évora, partilharam informação relevante sobre nutrição vegetal no contexto da agricultura 4.0 e acerca da importância do microbioma do solo na saúde das plantas e como ativá-lo através de práticas agronómicas.

Syngenta Biologicals e Seed Care é a nova designação da unidade de negócio, incluindo a proteção das culturas a nível foliar e abaixo do solo. “É neste sentido que, por um lado, a Syngenta adquiriu a Valagro, em 2021, com a sua linha de bioestimulantes. Já na parte do biocontrolo, há um trabalho de expansão de portfólio muito baseado em parcerias fortes para codesenvolvimento de produtos. O crescimento desta nova unidade de negócio baseia-se, além do portfólio, também em conhecimento, na experiência das nossas equipas e nas nossas formas de chegar ao mercado”, explica Maria do Carmo Pereira, responsável de portfólio da Syngenta Biologicals e Seed Care para a Europa.

A nível global, a Syngenta Biologicals e Seed Care conta com 1100 funcionários, 40 colaborações de I+D e 45 novos produtos lançados no mercado nos últimos 5 anos.

 “O coração do negócio da Syngenta ainda são os fitofármacos convencionais, e este tem de estar a bombar para dar fôlego ao desenvolvimento e crescimento do negócio dos biológicos”, reconhece Maria do Carmo Pereira.

Cropwise, a plataforma de agricultura digital da Syngenta, ajuda milhões de agricultores em todo o mundo a tomar melhores decisões agronómicas e de gestão nas diversas fases do processo produtivo das culturas. Em Portugal, passam a estar disponíveis, através dos distribuidores Syngenta aderentes, os serviços Cropwise Protector, Cropwise Imagery, Cropwise armadilhas digitais e Interra®Scan.

O Cropwise Protector ajuda a monitorizar pragas e doenças e a fazer recomendações de tratamentos fitossanitários por parcela agrícola a partir do telem´óvel; permite registar a aplicação de fatores de produção e o custo dos mesmos e fazer comparações entre parcelas.

As armadilhas digitais estão integradas na plataforma Cropwise capturam imagens das pragas nas culturas em tempo real, permitindo a contagem remota dos insetos e a determinação da curva de voo de evolução da praga. A partir destes dados são produzidos e enviados relatórios com informação detalhada que ajuda os agricultores a decidir o momento oportuno para realizar tratamentos inseticidas. Este ano, a Syngenta volta a disponibilizar, com base nas suas armadilhas digitais, avisos para a traça-da-uva, na Península de Setúbal, e, pela primeira vez, para a traça-do-olival, na Península de Setúbal e no Baixo Alentejo.

O Cropwise Imagery é uma ferramenta de agricultura de precisão vocacionada para culturas extensivas, sobretudo milho, que permite fazer prescrições de sementeira e adubação a taxa variável, tendo por base mapas do índice vegetativo das culturas disponibilizados por imagens de satélite de alta resolução, de até 0,5 metros.

Interra®Scan, o novo serviço de mapeamento de solo de altíssima resolução da Syngenta, permite o uso mais preciso dos fatores de produção, produtividade otimizada das culturas e saúde do solo a longo prazo. 

O Interra®Scan mede de forma não invasiva a radiação gama emitida pelo solo, através de uma simples passagem com um equipamento portátil, acoplado a um veículo 4×4 ou a um trator. A partir da leitura dos isótopos do solo é realizada uma análise completa do solo, num total de mais de 20 camadas de informação, incluindo macro e micronutrientes, estrutura e textura, água e matéria orgânica.

Cropwise, a plataforma de agricultura digital da Syngenta, ajuda milhões de agricultores em todo o mundo a tomar melhores decisões
A Reunião de Distribuidores Syngenta 2024 decorreu em Coimbra
Francisco Quiroga, Diretor Comercial de Proteção das Culturas para a Península Ibérica na Syngenta, apresentou as metas da companhia para 2024
Alejandro Steward, Digital Agriculture Manager na Syngenta, apresentou a plataforma Cropwise