Cidades do século XXI mais verdes e sustentáveis: o papel da horticultura ornamental

Cidades do século XXI mais verdes e sustentáveis: o papel da horticultura ornamental

  • Post Category:Notícias

As infraestruturas verdes e azuis (hortas, espaços verdes ajardinados, corredores fluviais, paredes e telhados verdes) são uma oportunidade para “trazer o campo à cidade”, reordenar território e potenciar modos de vida mais saudáveis/sustentáveis em meio urbano.

O setor da horticultura ornamental e ambiental é estratégico para suportar o crescimento e a gestão das infraestruturas verdes nas cidades do século XXI, que estão em mudança rápida e profunda para se adaptarem e resolverem os problemas de gestão do espaço urbano e do impacto e riscos das alterações climáticas.

A maior formação de todos os intervenientes na cadeia de fornecimento da fileira ornamental e paisagista é crucial para uma construção e gestão sustentável das infraestruturas verdes das cidades. O mesmo se aplica a todo o cidadão e governante.

Aceda ao artigo completo, publicado na Revista da APH Nº136, pelos autores J. Miguel Costa, Francisca Aguiar e Ana Paula Ramos, docentes e investigadores do Instituto Superior de Agronomia, da Universidade de Lisboa.

Leia AQUI

Assine a nossa Revista. Faça-se Sócio da APH, desde 12,5 euros/Ano.